Favorece a melhora nos casos de:

A chave do quebra-cabeça
A chave do quebra-cabeça

Dificuldades de aprendizagem

  • Dificuldade de estudar,
  • Dificuldade em fazer provas,
  • Distúrbios de atenção,
  • Dificuldade de concentração,
  • Dificuldade de raciocínio lógico,
  • Dificuldade de leitura e interpretação,
  • Dificuldade de memória,
  • Dificuldade de estudar para concursos e vestibulares,
  • Dificuldades de aprendizagem em geral,
  • Baixo rendimento escolar e desmotivação para o estudo.

 Patologias

  • Depressão,
  • Distúrbios do Sono,
  • Transtornos de Ansiedade,
  • Transtornos do Humor,
  • Estresse,
  • Distúrbios Cardíacos, prevenção para hipertensão, Infarto e AVC,
  • Coadjuvante para distúrbios circulatórios, vaso vagal,
  • Cefaleia tensional,
  • Enxaqueca,
  • Dores crônicas,
  • Fibromialgia,
  • Bruxismo,
  • Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH,
  • Distúrbios Respiratórios,
  • Transtorno Obsessivo Compulsivo - TOC,
  • Síndrome do Pânico,
  • Maior controle sobre comportamento agressivo e passivo,
  • Auxiliar em casos de TPM,
  • Reequilíbrio neuromuscular,
  • Facilita o aprendizado da meditação.

Benefícios comprovados pela Ciência:

- Melhora no ciclo sono-vigília,

- Auxiliar nos tratamentos de doenças degenerativas,

- Diminuir Estresse e Auxiliar no tratamento da Depressão,

- Regulador hormonal,

- Controle do cansaço e desânimo,

- Auxiliar no equilíbrio dos sistemas endócrino, imune,digestivo, linfático e reprodutor,

- Controle Cardiovascular,

- Qualidade de vida e bem estar,

- Complementar em tratamento e prevenção do enfarto.

 

Fonte: The instinct to heal, David Servan-Schreiber, publicado por Rodale Inc,. EUA.

 

Benefícios clinicamente comprovados:

- Equilíbrio pessoal,

- Reeducação alimentar e disciplina pessoal,

- Aprendizagem da Meditação e seu aprimoramento, 
- Performance pessoal, entre outros.  

 

Pesquisas científicas:

 

Recentemente, em algumas empresas, foram desenvolvidas pesquisas com resultados surpreendentes. Em Londres, 6000 executivos de grandes empresas como a Shell, Britsh Petroleum, Unilever, Banco Hong Kong Shangai e HP, além dos executivos da Motorola e do Governo da Califórnia (EUA), fizeram um treinamento de Coerência Cardíaca. Como resultado os participantes declararam terem se beneficiado do ponto de vista físico, emocional e social.

  •  Em apenas um mês de treinamento diário, a queda na pressão sanguínea representou um índice igual ao que seria esperado se tivessem perdido 10 kg em um regime, e foi duas vezes maior do que se tivessem feito uma dieta livre de sal.
  • Em um mês de treinamento diário houve uma melhora notável no equilíbrio hormonal. Como por exemplo a porcentagem de DHEA (hormônio da longevidade), em quem tinha valores baixos, chegou a dobrar. A porcentagem de cortisol (hormônio do quintessencial do estresse, associado ao aumento da pressão sanguínea, ao envelhecimento da pele, a perda da memória e do poder de concentração) caiu 23%.

 

  • As mulheres executivas mostraram excelente melhora nos sintomas pré-menstruais, com menos irritabilidade, depressão e fadiga no trabalho.
  • tensão física: caiu de 41% para apenas 15%.
  • Insônia: caiu de 34% para apenas 6%.
  • Pessoas que diziam estar ansiosas na maior parte do tempo: redução de 33% para 5%.
  • Insatisfação pelo trabalho: redução de 30% para 9%.
  • Palpitações frequentes (ou o tempo todo) estimulados após agentes estressor ou não: diminuiu de 47% para 25% em um mês de treinamento diário.
  • 80% dos executivos não se declaravam mais exaustos e queda significativa de dor.
  • Em apenas 2 meses de treinamos diários, houve um aumento significativo na vontade de realizar exercícios físicos e na relação sexual.
  • Elevação do controle emocional satisfatório dentro da empresa.
  • Todos descreveram que adquiriram uma nova habilidade de lidar com os próprios sentimentos. Chegaram a compreender exatamente quando vai ocorrer um episódio de raiva e pensamentos negativos. Com isso, relataram uma habilidade de contornar melhor estas sensações. Declaram viver melhor no trabalho.

Durante toda a pesquisa, não houve utilização de medicamentos ou hormônios sintéticos.

 

Venha para o CDIB aprender a treinar sua Coerência Cardíaca (entre outros treinamentos) e melhorar sua qualidade de vida.

Estamos a sua espera!

Tereza Pita - Doctoralia.com.br

Várias apresentações em 2018.

  Em 2018 foram feitas apresentações em SP e Brasília. Os assuntos abordados variaram entre a neurofisiologia da aprendizagem, sua inter-relação com a performance cognitiva humana, e novíssimas tecnologias para ganhos, manutenção e aprimoramento da saúde física e mental.           Foram demonstradas atuações em crianças, adolescentes e adultos,  utilizando técnicas como a Análise computadorizada do Sistema Nervoso Autônomo, Biofeedback, Indução de Ondas do Cérebro, Neuro Otimização e variadas ferramentas neuropsicopedagógicas      inclusive o PEI - um programa para desenvolvimento da Inteligência.                                
      Abrem-se portanto, grandes alternativa para a educação,  neuropsicopedagogia e saúde com a associação de tecnologias que permitem quantificar, estimular e avaliar a evolução do indivíduo no processo de aprendizagem e saúde.                                        

Terapia REAC

Moderna tecnologia de neuromodulação foi o motivo da palestra do Dr. Paulo Roberto Fochesato – Médico  – realizada no dia 25 de outubro de 2017 no anfiteatro da Farmacotécnica no Setor Hospitalar Sul de Brasília.

Abordou o tratamento de quadros degenerativos, distúrbios do equilíbrio, dor crônica e diversas sequelas de lesões, com a utilização desta terapia que é motivo de inúmeros estudos científicos publicados nas maiores revistas médicas internacionais, como a Nature e a Scientific Report.

Salientou a ação rejuvenescedora celular do método, uma vez que facilita a produção e a diferenciação de células-tronco e a produção da Telomerase – enzima associada à longevidade celular.

Tendo se especializado no método na Itália em fevereiro de 2015, local onde foi idealizada esta tecnologia, esteve recentemente de volta à Itália em outubro de 2016, onde foram abordadas novas indicações deste tratamento, especialmente nos aspectos epigenéticos de pacientes com Transtorno do Espectro Autista e da Síndrome de Down e outras patologias correlatas.

Doença de PARKINSON , ALZHEIMER e outras patologias deverão ser motivo de nova palestra proferida pelo Dr. Paulo, ainda com data a ser definida.

Atende em Brasília no CDIB – Centro de Desenvolvimento da Inteligência e Biofeedback, onde aplica as sessões de neuromodulação.

Os contatos podem ser feitos por meio dos telefones (WhatsApp):

(61) 98403.9567 e

(51) 99744.8746.

 

Tereza Pita - Doctoralia.com.br